Membro do Capítulo Seropédica lança seu primeiro livro

Últimas palavras de lassidão é o título do primeiro livro do Irmão Gabriel Mascarenhas Carvalho dos Reis, 17, membro do Capítulo Seropédica nº 627, em Seropédica, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, lançado no dia 18 de agosto. De produção independente, com 52 páginas, o livro está disponibilizado para download no site do amazon.com.br no valor de R$3,97 e também uma amostra grátis no ebook.com. Nesta primeira obra literária o autor reune alguns pensamentos onde deleita todo seu ardor pela vida, natureza, amor e melancolia.

“Após dois anos e meio, consegui reunir alguns dos meus pensamentos, poemas e textos; transformá-los em livro. Abordo sobre minhas inquietudes, tudo o que se encontra nos abismos e céus de um homem. Parafraseando Nietzche:  “é preciso ter caos dentro de si para dar luz a uma estrela cintilante”. Da mesma forma, consegui transformar todo o meu caos interior em texto”, menciona o autor.

Natural de Salvador e apenas há 2 meses no município de Seropédica, o autor conta que esta obra baila entre o amor, melancolia e contemplação. Gabriel dos Reis, como é conhecido por seus amigos, solidificou suas amizades na Ordem DeMolay. Estudioso; estudante do 3 ano do ensino médio, lê em média cerca de 5 livros por mês, sonha ser no futuro psicólogo e deseja continuar escrevendo vários livros. Filho do Sr Jonas Bonfim dos Reis e de Ahiana Perolna Mascarenhas de Carvalho, foi iniciado nesta instituição juvenil em junho de 2017.

“A Ordem DeMolay significa muito para mim. Com ela eu posso aplicar os princípios e virtudes que aprendo aqui e colocar em prática na vida profana, me tornando uma pessoa melhor, um exemplo para a minha família. Ser DeMolay é tudo, agradeço muito a todos os meus Irmãos por estar nesta instituição ímpar”, explica.

O Irmão Paulo Roberto Oliveira, membro do Capítulo Seropédica nº 627, leu o livro Últimas palavras de lassidão do Irmão Gabriel Reis e menciona que esse livro “traz uma carga muito diversa de emoções, cada poesia uma sensação diferente, a cada página uma experiência.  Acredito que ele conseguiu expôr muito bem seus sentimentos em forma de poemas e textos”.

Foto cedida para divulgação

Você também pode se interessar por