Membros da Corte Chevalier Saldanha Marinho confraternizam na Rededicação Anual Chevalier

Membros Corte Chevalier Saldanha Marinho nº 3, Primaz da América Latina, realizaram em Petrópolis, na Região Serrana do Rio de Janeiro, na quinta, 8, assim como no mundo todo, a Rededicação Anual Chevalier para homenagear o maçom Frank Shermann Land, fundador da Ordem DeMolay (falecido em 8 de novembro de 1959). Esse Grau é a maior honraria que um DeMolay Ativo ou Sênior DeMolay pode receber; é um reconhecimento aos relevantes serviços e trabalhos prestados em prol dessa Instituição e deve, anualmente, nessa data, obedecer ao compromisso tradicional de acordo com seu juramento e relatar a realização do compromisso em um formulário fornecido pelo Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o Brasil  (SCODB).

“É um momento muito importante para os Irmãos DeMolays que receberam esse grau realizar a rededicação anual. Além da confraternização entre nós, é um momento de lembrarmos o quanto o Tio Frank Sherman Land trabalhou com afinco para tornar a Ordem DeMolay em realidade. A rededicação é acima de tudo, uma forma de dizer muito obrigado a esse grande maçom ter fundado essa Instituição Juvenil tão importante para os jovens, Instituição essa que forja grandes homens para o futuro”, enfatiza o Irmão Luan Basto, membro da Corte Chevalier Saldanha Marinho nº 3.

Ordem DeMolay é uma Instituição discreta com princípios filosóficos, fraternais, e filantrópicos, para jovens do sexo masculino com idade compreendida entre os 12 e os 21 anos incompletos. É uma Instituição paramaçônica fundada nos Estados Unidos, em 24 de Março de 1919, pelo maçom Frank Sherman Land patrocinada e mantida pela Maçonaria, oficialmente desde 1919, que na maioria dos casos cede espaço para as reuniões dos Capítulos DeMolays e Priorados ou conventos da Ordem da Cavalaria.

Na foto da esquerda para a direita os Irmãos: Luan Basto, André Luiz e Marco Aurélio, membros do Capítulo Imperial de Petrópolis nº 470.

Você também pode se interessar por