Chegou o Documento Nacional Estudantil do SCDB para quem já solicitou via SISDM

O Mestre Conselheiro Nacional Adjunto, do Supremo Conselho DeMolay Brasil, (SCDB), Irmão Victor Ryan Fonseca, (foto), fez um history no instagram do @demolaybrasil, nesta sexta-feira, 6 de maio, para avisar que Documento Nacional do Estudante, (DNE), está pronto para quem já fez a solicitação.

“O projeto do Documento Nacional do Estudante é muito relevante, pois além de alcançar em massa o público alvo da Ordem DeMolay – os jovens, ele valoriza e ressalta a importância dos estudos em nossa vida, eis que para a obtenção do documento é necessário estar matriculado em alguma instituição de ensino”.

O Documento oferece descontos em programas como teatro, eventos educativos, shows, e desconto em passagens de ônibus. Normalmente o desconto concedido é de 50%, ou seja, quando o estudante for a um destes eventos, ele apresenta o seu DNE e paga meia-entrada.

O DNE já pode ser solicitado desde já, via Sistema de Informação DeMolay (SISDM), na página do demolaybrasil.org.br. Qualquer membro associado regular do SCDB, Maçons, Demolays, Consultores, Escudeiros e Membros de Clube de Mães e Amigos podem solicitar esse documento tão importante.

“O Supremo Conselho, de forma uníssona com a Diretoria Executiva e o Gabinete Nacional, tem trabalhado para o fomento de parcerias que contribuem de forma significativa para o DeMolay Ativo, Sênior, membro do Clube de Mães e Amigos, Escudeiros e Maçons, razão pela qual foi criado uma comissão específica para parcerias”.

Esse projeto foi realizado em parceria com a União Paraibana dos Estudantes Secundaristas (AUPESPB), sede em João Pessoa, uma entidade estudantil que tem a representatividade reconhecida nacionalmente, juntamente com a Comissão Nacional de Convênios, Diretoria Executiva; Gabinete Nacional do SCDB.

Tem como objetivo de fomentar aos DeMolays para que eles possam exercer o seu direito estudantil, tendo em suas mãos uma carteira de estudante, valorizando a educação do nosso país.

O DNE tem um preço mais acessível que as demais carteiras em geral. E, isso, também foi possível porque a Associação DeMolay Alumni Brasil, (ADAB), entrou como parceira neste projeto e ajudou a subsidiar essa iniciativa; com isso, fez o preço dela ficar bem interessante.

Foto cedida para divulgação

Você também pode se interessar por