Com apenas seis meses na esgrima, membro do Capítulo Mocidade Araçatubense conquista o terceiro lugar no campeonato interregional em SP

“A esgrima é algo muito além do esporte, é um estilo de vida, onde assim, como a Ordem DeMolay te ensina a ter foco, ser grande cidadão para a vida profana seguindo sempre seus respectivos princípios. É uma sensação indescritível fazer parte dessas duas escolas de vida”, menciona o Irmão Gabryel Vitório Gotardi Magoga”, membro do Capítulo Mocidade Araçatubense nº 87, em Araçatuba, na Região Noroeste de São Paulo, que conquistou o terceiro lugar no campeonato regional, disputado no último sábado de novembro, em Lins, distante 430 km da capital paulista.

O evento interregional reuniu cerca de 75 participantes de todas as categorias, masculino e feminino, sendo realizado no ginásio poliesportivo da Associação Beneficente Cultural e Esportiva de Lins (ABCEL).

O Irmão Gabryel Vitório Gotardi Magoga, 14, praticante apenas há seis meses nesse esporte, competiu na categoria Pré-Cadete, que corresponde a atletas com idade compreendida dos 14 aos 17 anos.

No Brasil, a esgrima começou no período Imperial, praticada no Rio de Janeiro e em São Paulo entre os militares. No final do século XIX, surge um movimento em prol da esgrima, na Praia Vermelha, na cidade maravilhosa com a chegada de esgrimistas italianos ao país. No início do século XX são fundadas escolas no exército, na Força Pública Paulistana e uma Sala de Armas Civil.

As categorias hoje são: Infantil até 13 anos, Cadetes até 17 anos, Juvenis até 20 anos, Adultos maiores de 20 anos e Veteranos acima de 40 anos. A esgrima é um esporte pouco difundido no Brasil não mais do que 5 mil praticantes, na grande maioria nas regiões do sul do país com destaque para as cidades de Porto Alegre e Curitiba e na região Sudeste sendo São Paulo e Rio de Janeiro entre os grandes centros.

Foto cedida para divulgação


Você também pode se interessar por