Comissão Nacional da Ordem dos Escudeiros em conjunto com a Campanha Nacional de Incentivo à Excelência para Castelos do Gabinete Nacional, do SCDB, desenvolvem Guia de Atividades para esta entidade Paramaçônica

A Comissão Nacional da Ordem dos Escudeiros em conjunto com a Coordenação da Campanha Nacional de Incentivo à Excelência para Castelos do Gabinete Nacional 2019/2020 (Mais DeMolay), do Supremo Conselho DeMolay Brasil, (SCDB), desenvolveu, recentemente, a segunda edição do Guia de Atividades da Ordem dos Escudeiros com o objetivo de encontrar nele, finalidade e conceitos gerais sobre esta Ordem Paramaçônica, passando pela fundação de um Castelo, as funções do Preceptor, Consultor e demais cargos dos Oficiais, até a descrição das atividades e como funciona a dinâmica de trabalho desta Instituição.

O Guia de Atividades mostra, por exemplo, o que são o Preceptor e o Consultor e quais as suas respectivas funções, quais são as funções de cada Oficial Escudeiro; quais são os trabalhos que podem ser realizados pelo Castelo. Esta segunda edição tem 38 páginas onde são explicados e detalhados cada item desses tópicos entre outros assuntos.

Esperamos que levem com esse Guia de Atividades as essências da Verdade, Justiça e Sabedoria por todos os cantos do Brasil, para que possamos ter cada dia mais a certeza de que a base vem sempre forte“, dizem os organizadores.

A Ordem dos Escudeiros é uma Ordem Paramaçônica, de organização juvenil, para crianças do sexo masculino com idade entre 8 (oito) anos completos e 12 (doze) anos incompletos, patrocinada pela Ordem DeMolay, que tem por objetivo engajar os jovens nas atividades realizadas pelo Capítulo e Castelo, moldando-os com o desenvolvimento de suas personalidades como pessoas, forjando grandes homens para a sociedade e, possivelmente, para um futuro ingresso na Ordem DeMolay.

No Brasil, a Ordem dos Escudeiros foi introduzida por iniciativa do Colégio Alumini Juiz de Fora nº 001, de Minas Gerais, em 7 de dezembro de 2002, alcançando, na mesma data, o reconhecimento do Supremo Conselho da Ordem DeMolay para o Brasil (extinto SCODB). Hoje, o Castelo Juiz de Fora nº 001 funciona normalmente, desde que retornou às atividades, em 4 de agosto de 2018.

Fonte e Foto: Guia dos Escudeiros

Você também pode se interessar por