Ex-venerável mestre da A.R.L.S. Francisco de Assis e membro do Conselho Consultivo do Capítulo Obreiros do Século XXI, no RJ, recebe homenagem

O Irmão e Tio Felippe Vasconcelos Simões, (a esquerda da foto junto com o Irmão e Tio Gabriel Lopes), Ex-venerável mestre da A.R.L.S. Francisco de Assis nº 3361 e atualmente membro do Conselho Consultivo do Capítulo Obreiros do Século XXI nº 057, em Teresópolis, na Região Serrana do Rio, recebeu na quinta, 7, a mais alta honraria concedida pela Commonwealth of Kentucky, de Kentucky, nos Estados Unidos, a medalha e o certificado do Kentucky Colonel, em reconhecimento de realizações notáveis e serviços excepcionais prestados a uma comunidade, estado ou nação.

” Eu não me sinto merecedor de qualquer homenagem. A homenagem que eu gosto de ver é o sorriso de um Irmão quando me encontra, quer seja ele DeMolay, quer seja Maçom. Fico muito honrado, envaidecido por essa lembrança, mas não me sinto merecedor, sempre trabalhei para o próximo, para a sociedade por amor”, explica emocionado o Irmão e Tio Felippe Vasconcelos Simões, com 31 anos de Ordem DeMolay e quase 20 de Maçonaria.

Essa homenagem é o mais alto título de honra concedido pela Commonwealth of Kentucky. As comissões para os coronéis de Kentucky são dadas pelo governador e pelo secretário de Estado a indivíduos em reconhecimento de realizações notáveis ​​e serviço excepcional a uma comunidade, estado ou nação. O governador de Kentucky outorga a honra de uma comissão do coronel, mediante a emissão de cartas patentes.

A honraria foi entregue pelo Irmão e Tio Gabriel Lopes, Coronel Honorário do Kentucky, Ex-venerável mestre da A.R.L.M. Fé, Esperança e Caridade nº 175 (G.L.M.E.R.J) e atualmente membro da A.R.F.G.B.L.M. Teresópolis Primeira nº 21, que visitou nesta quinta, 7, a A.R.L.S. Francisco de Assis nº 3361, para também estreitar ainda mais os laços de irmandade entre as Lojas Maçônicas.

“É uma emoção ímpar poder homenagear um Irmão que trabalha muito pela Ordem DeMolay, Maçonaria, pela humanidade etc. Ele coleciona um vasto histórico de ajuda humanitária desde a Ordem DeMolay a Maçonaria, Cruz Vermelha, entre outros seguimentos da sociedade. Poder homenageá-lo e estender essa homenagem em nome dos meus Irmãos Demolays, Maçons, dos Coronéis de Kentucky, é mais do que um prazer, é uma missão que a gente tem em homenagear esta pessoa maravilhosa que fez e faz a diferença para todo mundo, é uma emoção de felicidade e gratidão”, menciona o Irmão e Tio Gabriel Lopes.

Você também pode se interessar por