Lojas Maçônicas da GLEB, na BA, realizaram diversas ações sociais no mês de maio; Ordem DeMolay também esteve presente

Na Bahia, instituições maçônicas filiadas a Grande Loja Maçônica do Estado da Bahia, (GLEB), estão constantemente realizando ações filantrópicas com o objetivo de dar assistência as pessoas que estão passando por dificuldade extrema diante da atual situação provocada pela pandemia do novo coronavírus, todas as ações ocorreram no mês de maio.

A Augusta e Respeitável Loja Maçônica Cavaleiros de Aço da Bahia, n° 265, Oriente de Salvador, com o patrocínio da Fundação Banco do Brasil, Banco do Brasil, BB Seguros, BV Banco, Cooperforte e apoio do Comando do Esquadrão Águia – PMBA, promoveu uma importante ação solidária em prol das famílias carentes da capital baiana, entregaram 1.000 cestas básicas e materiais de limpeza, totalizando 25 toneladas de donativos. O objetivo foi auxiliar os mais necessitados de 11 bairros de Salvador que sofrem os impactos socioeconômicos causados pela Pandemia da Covid-19.

Membros do Palácio de Jitaúna, 400 km de Salvador, promoveram ação solidária e arrecadaram cerca de 126 cestas básicas que foram destinadas para uma comunidade carente e para igrejas. Todos esses alimentos não perecíveis auxiliaram essas pessoas que estão precisando de ajuda e de carinho.

Os maçons da Augusta e Respeitável Loja Maçônica Vera Lux, nº 28, Oriente de Salvador, arrecadaram 167 cestas básicas, equivalente a 2,5 toneladas de alimentos não perecíveis, em uma importante ação beneficente para ajudar o próximo.

A Loja Maçônica Amor e Justiça, n° 59, realizaram a doação de 42 cestas básicas par uma comunidade carente de Salvador, trazendo alento e esperança a essas pessoas.

A Ordem DeMolay do Capítulo Mario Moreira, n° 947, patrocinados pelas Lojas Maçônicas Paz e Liberdade, n° 115 e Acácia Maracaense, n° 145, também realizaram importante ação social realizando doação de várias esensando nas famílias mais carentes, eles fizeram a doação de várias cestas básicas que vão auxiliar todas elas nesse momento crítico que o país vive.

Foto e fonte: Assessoria de Comunicação da GLEB

Você também pode se interessar por