Membro do Capítulo Guanambiense, da cidade de Guanambi, é o grande vencedor do concurso estadual da Primeira Identidade Visual dos Escudeiros da Bahia

Edilson Antônio da Silveira Filho, 19, membro do Capítulo Guanambiense n°218, em Guanambi, distante 680 km de Salvador, foi o grande vencedor do concurso estadual de Identidade Visual dos Escudeiros, promovido recentemente pelo Gabinete Estadual (GE), do Grande Conselho do Estado da Bahia (GCE-BA), tendo como objetivo de promover uma disputa sadia entre os DeMolays desse estado para fundamentação e apresentação do primeiro emblema para a Ordem dos Escudeiros baiano.

“O vencedor foi o irmão Edilson Antônio, atual Secretário de Projetos do Gabinete Estadual, exímio designer e DeMolay. A comissão avaliadora escolheu a sua arte por retratar tudo que há de melhor nessa linda Ordem”, menciona o Mestre Conselheiro Estadual, Arcênio Cleber Farias Viana.

O vencedor desse concurso comemora:

“O sentimento é muito gratificante. Poder desenvolver um projeto de identidade visual para os Escudeiros do meu estado é mais que uma honra para mim”.

Edilson Antônio veio da Ordem dos Escudeiros, onde ingressou no Castelo Promessa Guanambiense n°15 em 09/08/2014. Posteriormente, foi iniciado na Ordem DeMolay em 11/06/2017, no Capítulo Guanambiense n°218 patrocinado pela Loja Maçônica Fraternidade Guanambiense n°73.

“A Ordem dos Escudeiros foi para mim um norte. Foi lá que eu descobri a paixão por esta Ordem quanto pela Ordem DeMolay. Tive a oportunidade de ser Mestre Escudeiro em meu Castelo, na qual tive meu primeiro contato com a liderança”.

“Sem dúvidas o mais recompensador é ser lembrado na história da primeira Identidade Visual dos Escudeiros para o nosso estado. Poder dizer que foi eu quem desenvolvi aquele projeto é superior a qualquer prêmio”.

Atualmente, Edilson Antônio está como Secretário de Projetos do Gabinete Estadual do GCE-BA. Na vida profana, está cursando Engenharia Agronômica na Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB).

“A Ordem DeMolay, sem dúvidas marcou a minha vida. Foi uma fonte de aprendizado, amizades duradouras, virtudes e valores sólidos. Ela me ajudou a crescer como indivíduo, aprimorar habilidades de liderança e de boa cidadania. Sou grato a Ordem DeMolay e a todos os ensinamentos que ela me proporcionou durante todos esses anos. Agradeço também por todos os Irmãos que ela me proporcionou. Esse é meu sentimento, gratidão”.

Por alguns meses, ele atuou profissionalmente como designer gráfico, entretanto, hoje em dia, significa mais um hobby. Desenvolver projetos com tema Maçonaria e DeMolay é um dos trabalhos que este jovem DeMolay mais gosta de fazer.

“Isso só aumenta nossa paixão por criar designs significativos e impactantes. Quero expressar minha gratidão a todos que estiveram envolvidos e apoiaram este projeto, bem como o meu Grande Conselho Estadual da Bahia e ao Gabinete Estadual que concedeu este prêmio”.

Foto cedida para divulgação

Você também pode se interessar por