Personalidades DeMolay: Conheça o Irmão Marcos Rodrigues, 7º Mestre Conselheiro do Capítulo Rio de Janeiro 001

A edição do quadro Personalidades DeMolay deste domingo, 7 de junho, é com o advogado e Irmão Marcos Rodrigues de Araújo, 56, sétimo Mestre Conselheiro do Capítulo Rio de Janeiro nº 001 desta maior Instituição Juvenil do mundo, onde ressalta que a Ordem De Molay, “sempre será uma ótima experiência de vida, onde moldou ainda mais o meu caráter e minha formação em muitos aspectos, que se refletem até hoje na vida profissional e pessoal juntamente com a educação religiosa, estudantil e familiar”.

Membro do Capítulo Rio de Janeiro nº 001, berço da Ordem DeMolay no Brasil, é natural desta mesma cidade, no qual este Capítulo fora fundado em 16 de agosto de 1980, tendo como seu primeiro Mestre Conselheiro, o filho do (saudoso Alberto Mansur, maçom que trouxe essa instituição juvenil para o Brasil nessa época), Jorge Mansur.

Marcos Rodrigues de Araújo, iniciou na Ordem DeMolay em 25/07/1981 com 17 anos. Aos 19 já ocupara o cargo de Primeiro Conselheiro; e com 20 anos assumiu o posto de Mestre Conselheiro do Capítulo Rio de Janeiro nº 001.

Durante sua jornada como membro ativo desta instituição juvenil fez várias palestras no bairro da Praça Seca, onde se concentravam diversas escolas públicas e privadas, tendo como objetivo de apresentar a Ordem DeMolay para jovens de 12 a 21 anos, chegando a ser padrinho de 17 novos garotos. onde posteriormente fora homenageado por essa belo trabalho, sendo o segundo membro desta instituição a receber a medalha azul por notórios serviços prestados.

Como Mestre Conselheiro e com o apoio irrestrito da sede do Supremo Conselho do Grau 33 do Rito Escocês Antigo e Aceito, (REAA), da Maçonaria para a República Federativa do Brasil, fez a primeira parceria, um convênio com a Cruz Vermelha do Rio de Janeiro, fazendo doações de plásticos para os doentes que sofriam de hanseníase (doença que existe até hoje, mas facilmente tratada com antibióticos); esses pacientes eram enviados a colônias isoladas chamadas de leprosários.

Marcos Rodrigues de Araújo, guarda consigo, alguns acervos de fotografias de sua época na Ordem DeMolay; convive até hoje, mantendo sempre contato, com diversos Irmãos deste período histórico com esses Irmãos que também tem outros vários acervos fotográficos que conta o passado do berço desta instituição juvenil no Brasil.

Vida de escritor

Além de advogado, o Irmão Marcos Rodrigues de Araújo também é escritor e seus livros podem ser adquiridos no site da amazon.com.br. Neste site o interessado poderá se interessar por: Jorge o Cavaleiro da Capadócia: Na era Romana, Sua Vida Pode Mudar Agora e Vencendo da Formatura a Profissão de Advogado: Guia de Orientação para começar a nobre profissão de advogado.

Foto cedida para divulgação

Você também pode se interessar por